quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Mariana Pineda




O famoso poeta espanhol Federico García Lorca recita o seu último poema, mesmo antes da sua execução, durante a guerra civil de Espanha em Agosto de 1936, por um pelotão de fuzilamento fascista.

“Mariana,
Que é o homem sem liberdade?
Sem essa luz harmoniosa e fixa que se sente por dentro?
Como poderia te querer não sendo livre, diz-me?
Como te dar este firme coração se não é meu? Não temas;
Como te dar este firme coração, se não é meu?”


Mariana Pineda foi escrita em 1925. Ela e Federico viveram em épocas onde se produziam grandes mudanças. Ambos amaram Granada e nela viveram, onde acabaram por morrer, inocentes e executados pela ditadura de franco.

7 comentários:

  1. Gostaria de saber se existe alguma fonte que possa atestar a autenticidade dessa foto,dada a controvérsia que existe concernente a morte desse poeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foto de una obra de teatro sobre el fusilamiento de un poeta en la guerra civil española.

      Excluir
  2. Gostaria de saber se existe alguma fonte que possa atestar a autenticidade dessa foto,dada a controvérsia que existe concernente a morte desse poeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desconheço o possuidor dessa fotografia ou se está depositada em arquivos estatais....será por ai o ponto de partida da sua investigação....

      Excluir
  3. a foto não é do fuzilamento, que nem se sabe bem como ocorreu, claro - é de uma encenação

    ResponderExcluir