quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

De Si(lên)cio dos Poetas

                     PARKEHARRISON, ROBERT AND SHANA

A crueldade reside ainda, e talvez sobretudo, no recusar-se a servir de objecto de prazer, de conciliação com a realidade. Ê assim que este tipo de arte esteticamente emancipada (acima de tudo esta chamada “poesia moderna) não funciona como representação <clara e pouco usual> da realidade, nem como hipóstase de um mundo imaginado ou como ersatz para frustração existencial, nem como mito: funciona como recusa de colaborar com a totalidade na sua lenta mas constante destruição do indivíduo e da sua livre e autónoma consciência.


Alberto Pimenta

Nenhum comentário:

Postar um comentário